1 x 1: Fomos operados

Fotos: Rute Delfino


Saudações azurras. 
Cerca de dez mil torcedores acompanharam o empate injusto do Avaí, sendo assaltado claramente na sua própria casa, diante do Oeste de Barueri por 1 x 1.
Acredito que o Avaí não fez uma ótima partida, esteve amarrado pela retranca montada pelo Oeste de Barueri, onde havia linha de seis marcadores que não deixava o time mandante criasse grandes oportunidades de gol no primeiro tempo, alguns jogadores foram discretos como Pedro Castro errando muito passes, tanto que o time avaiano criou apenas duas oportunidades de gol com Marquinhos e o gol marcado pelo meia Renato.
No segundo tempo,  o vento e a chuva atrapalharam o Avaí, mas nada justifica a falha do goleiro Maurício, permitiu que a bola entrasse no seu canto. Falha grotesca do arqueiro.
A situação melhorou quando Geninho colocou Luan Martins,  tivemos maior volume de jogo, criamos quatro oportunidades de gol, mas quem roubou a cena foi o juiz…
Porém, o pior adversário que poderia prever foi o árbitro, o senhor Diego Bins foi tendencioso demais, amarelou o time avaiano inteiro, além do que não deu um pênalti claro a favor do Avaí em cima de Jones, o adversário deu uma rasteira no atacante, mas quem disse que este fulano marcaria?
Eita arbitragem nojenta, fomos grafados na nossa própria casa e sem dó nem piedade. 

TAGS:
CURTA / COMPARTILHE / COMENTE

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Got Something To Say:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Todos os direitos reservados © 2018. | Blog do Guto - Desenvolvido por R Comunicação.