1 x 1: A bola pune

Saudações azurras.
O Avaí perdeu claramente dois pontos mais fáceis nesta Série B ao empatar com o Brasil de Pelotas por 1 x 1.
Foi a partida mais tranquila para conseguir os três pontos, o Leão se posicionou com três zagueiros (Betão, Airton e Luan), tendo o predomínio da partida, criou no mínimo quatro oportunidades de gol, tão claras que qualquer um fazia.
Na verdade, Renato já tinha aberto o placar logo aos sete minutos do primeiro tempo, mas o time avaiano cansou de perder gols no decorrer do jogo. O problema é esse: o Avaí não “mata” as partidas e vive do perigo do adversário que qualquer hora tem a competência de fazer o gol de empate.
Renato, Guga, João Paulo Lourenço, André Moritz, todos tiveram a oportunidade… E sabe de um ditado proferido pelo ex-técnico e hoje comentarista Muricy Ramalho que diz o seguinte “A bola pune” e foi exatamente o que aconteceu ontem, o Brasil aproveitou o seu ponto forte,  a bola aérea ofensiva e fez o gol.
Foi um tremendo castigo, ainda mais que estava com um jogador a mais desde o primeiro tempo.

TAGS:
CURTA / COMPARTILHE / COMENTE

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Got Something To Say:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Todos os direitos reservados © 2018. | Blog do Guto - Desenvolvido por R Comunicação.