Tem alternativas, sim

Foto: Rute Delfino

Saudações azurras.
Desde o Campeonato Brasileiro da Série B disputado no ano passado, o Avaí vem jogando da mesma forma e isso fica marcado para os outros times.
O técnico Claudinei trabalha num sistema 4-2-3-1, com dois volantes de contenção, um meia de criação, dois jogadores abertos como verdadeiros pontas com um atacante centralizado. Essa tática deu certo na Segundona culminando no acesso e na conquista do primeiro turno, entretanto…
O time parou de jogar, sendo em muitas vezes burocrático nos jogos e atuando numa Série A a bola pune, como diz Muricy Ramalho. Claudinei, que é insistente nas suas convicções, poderia mudar a pragmática forma de atuar do time e olha que tem alternativas no grupo, sim.
Ao começar pelo esquema, o 4-4-2 poderia ser mais utilizado, torna-se mais  dinâmico, mas para que isso aconteça, a dupla de volantes não pode ser Luan e Judson, precisamos de dinâmica na saída de bola, temos no grupo Wellington e o “esquecido” Lucas Otávio para jogar.
No meio, poderemos aproveitar a qualidade de Juan, atuando mais centralizado, tem toque de bola para exercer esta função com M10 ou Pedro Castro ao seu lado.
E no ataque, temos atacantes velozes que podem recompor UM POUCO como Joel, Junior Dutra ou Rômulo.
São situações que podem modificar a cara do Avaí, Claudinei precisa rever os seus conceitos de uma maneira geral, IMEDIATAMENTE para que o time se torne competitivo.

TAGS:
CURTA / COMPARTILHE / COMENTE

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Got Something To Say:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Todos os direitos reservados © 2018. | Blog do Guto - Desenvolvido por R Comunicação.