Arbitragem para Brusque x Avaí

Arte: Guto Delfino

Árbitro: Rodrigo D’alonso Ferreira 
Assistente n° 1: Thiago Americano Lages 
Assistente n° 2: Sandro Katzwinckel da Silva Rocha 
4° árbitro: Jakson Renato Pereira 

CURTA / COMPARTILHE / COMENTE

Concordo em parte

Foto: Rute Delfino

Saudações azurras. 
O técnico Claudinei não deve fazer treino de posicionamento para definir o time titular contra o Brusque.
O propósito é evitar maior desgaste muscular para os considerados titulares, haja vista que o intervalo entre os jogos será muito curto. 
Uma perspectiva de time titular pode ser Maurício, Tiago (ou Guga), Alemão, Betão e João Paulo: Judson, André Moritz e Marquinhos (ou Alejandro Martinnuncio; Luan Martins, Rômulo e Getúlio.
Essa formação é idealizado pelos conceitos adotados pelo treinador e esperar a concretização de time na uma hora antes do jogo.
E concordo em parte com o descanso, pois o jogador necessita da recuperação física para voltar apto, mas poderia mesclar com o trabalho tático, levando em consideração a falta de evolução clara da equipe. 

CURTA / COMPARTILHE / COMENTE

Temos time, mas…


Saudações azurras.
O empate de ontem evidenciou algumas questões que precisam ser resolvidas dentro do Avaí.
Acredito que temos um elenco claramente melhor do que do ano passado, com mais qualidade para mudar a situação adversa, mas o problema se reside na organização tática, falta ao técnico Claudinei propor mais variações de jogo na forma de melhorar a estrutura do time.
O treinador mantém alguns vícios como dois atacantes nas laterais, esvaziando o meio de campo. Porque não inova? Direciona as jogadas pelo meio, povoa a meiuca gerando um desequilíbrio numérico capaz de obter superioridade ofensiva.
Outra coisa: os novos jogadores que chegaram aqui precisam entender o real significado de vestir a camisa do Avaí, jogar com raça é a regra principal para ter sucesso e não desistir nunca das jogadas.
Esse time pode evoluir muito, basta mudar!

CURTA / COMPARTILHE / COMENTE

1 x 1: Um terror

Saudações azurras.
Cerca de três mil vitoriosos torcedores assistiram o empate horroroso do Avaí frente ao time RESERVA do Tubarão por 1 x 1.
Foi simplesmente uma partida de terror do Avaí, eu que frequento o Estádio da Ressacada há mais de 10 anos nunca vi um jogo de tão baixa qualidade do Leão, jogadores sem nenhum tipo de inspiração evidenciando falta de qualidade absurda. E olha que jogador de futebol só faz isso. É de dar nos nervos? Deficiências apareceram prinprincipalmente pelas laterais, o técnico Claudinei apareceu de Tiago Cametá na lateral direita, jogador fraco que não aparece para o jogo, não dá opção para abertura de espaço no setor de ataque.
Outra coisa: jogadores muito individualistas que só ficam partindo para cima, não dá, futebol é coletivo e este ganha jogos.
Não merecíamos ter empatado, o Tubarão merecia resultado melhor do que um empate na Ressacada. 
Cada jogo é pior e o torcedor como herói paga o pato!

Outros resultados da rodada:
Hercílio Luz 1 x 1 Figueirense
Joinville 1 x 1 Concórdia
Internacional de Lages 2 x 2 Criciúma 
Chapecoense 2 x 0 Brusque 

Na próxima rodada, o Avaí encara o Brusque, na quinta feira às 20h30 fora de casa. 

CURTA / COMPARTILHE / COMENTE

Estadual – Avaí x Tubarão

Arte: Guto Delfino

Saudações azurras.
Apesar de ser Carnaval, é um jogo muito perigoso onde o Avaí precisa ter cuidado para não ser surpreendido novamente. Temos que vencer para encostar nos líderes.

FICHA TÉCNICA

Avaí: Maurício, Guga, Alemão, Betão e João Paulo; Judson, Luan Martins (ou Lucas de Sá) e Marquinhos; Alejandro Martinnuncio, Maurinho e Rômulo.

Tubarão: Belliato (Gabriel); Marcos Vinícius, Jaílton, Willian Mineiro e Canavesio; Liel, Matheus Barbosa (Daniel Costa ou Alex Nemetz), Everton Dias e Romarinho; Batista e Índio.

Vai pra cima deles, Leãoooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo!

CURTA / COMPARTILHE / COMENTE

Todos os direitos reservados © 2018. | Blog do Guto - Desenvolvido por R Comunicação.