No sufoco


Saudações azurras.
Nesta sexta-feira de manhã, o Brasil venceu a Costa Rica na Copa do Mundo por 2 x 0.
Não foi jogo fácil, foi no sufoco, a Seleção não apresentou um bom futebol, na verdade os jogadores só queriam reclamar, Neymar está devendo, irritadiço no campo, aspecto que não agrega nada para o futebol coletivo do Brasil.
Acredito que faltou penetração de Willian, do Paulinho para chegar como homem surpresa na área, a fim de driblar a marcação costariquenha para finalizar no gol .
A entrada de Douglas Costa no segundo tempo foi o diferencial, é arisco, tem o drible como a sua principal arma e desequilibrou com o jogo.
Nos minutos finais, Philippe Coutinho e Neymar fizeram os gols do Brasil.

CURTA / COMPARTILHE / COMENTE

Tudo bem com Rômulo

Foto: Rute Delfino

Saudações azurras.
No último jogo, o atacante Rômulo sofreu uma cotovelada na boca do jogador do Guarani, que fez com ele saísse de campo ainda no início do segundo tempo.
Havia a suspeita da quebra de um dos dentes do jogador, conforme falou o técnico Geninho durante a entrevista pós-jogo, mas segundo informações, um dente só trincou e já fez o tratamento no local.
Então tudo certo com ele e já deve treinar na academia nesta quinta na reapresentação do grupo.
Com a chegada de Geninho, o camisa nove da Ressacada melhorou demais o seu futebol, assumindo o protagonismo e leveza nas jogadas e introduzindo novas características como o lançamento, bem como a tranquilidade na hora de fazer os gols.

CURTA / COMPARTILHE / COMENTE

Novamente de virada

Foto: Alceu Atherino/Avaí FC

Saudações azurras. 
Nesta quarta-feira, jogando pelo Campeonato Brasileiro de Aspirantes, o Avaí Sub-23 foi derrotado pelo Atlético Paranaense, novamente de virada, por 2 x 3 na Ressacada.
Este jogo foi transmitido pela TV e acredito que o Leão não fez uma má partida, teve volume de jogo, mas acabou falhando nas jogadas de bola aérea defensiva, levou os dois gols por vacilo da zaga. 
Os gols avaianos foram marcados por Baralhas (contra) e João Paulo Lourenço, numa linda cavadinha no goleiro.
O próximo compromisso na competição será contra o Goiás, no dia 7 de julho, no Estádio da Ressacada.

CURTA / COMPARTILHE / COMENTE

Sub-23 em campo hoje

Arte: Site Oficial do Avaí F.C

Saudações azurras.

“O Avaí busca sua reabilitação no Campeonato Brasileiro de Aspirantes, jogando nesta quarta-feira (20/06), diante do Atlético-PR, às 18h30, no Estádio da Ressacada, em partida válida pela segunda rodada da competição. Um desfalque é certo para este jogo, pois o volante Menezes cumpre suspensão automática pela expulsão diante do Vitória-BA, na derrota de virada por 3×2, na estreia em Salvador.

A equipe realizou seu treino final na manhã desta terça-feira, no CFA. O técnico Fabrício Bento já tem um desenho de equipe na cabeça, mas vai aguardar para saber quais atletas serão liberados pelo técnico Geninho. A formação testada no treinamento foi esta: Léo Lopes; Foguinho, Eduardo Kunde, Maurício e Fábian; Lucas Falcão, Lourenço e Chapecó; Rafinha, Vítor e Caio.

Mesmo reconhecendo no Atlético-PR uma equipe de grande qualidade técnica e que vem jogando há bastante tempo junta, o Avaí vai buscar a vitória para seguir no projeto de chegar à qualificação. Como a estreia não foi boa, quando a equipe deixou escapar uma vitória que estava encaminhada por 2 x 0, e sofreu a virada, a equipe ganhará uma nova cara para este jogo.

O confronto terá na arbitragem, Eduardo Cordeiro Guimarães-SC, que será auxiliado por Gianlucca Perrone de Vasconcellos-SC e por Alexandre de Medeiros Lodetti-SC. O quarto árbitro será Diego da Costa Cidral-SC e o analista de campo, Érica Gonçalves Krauss-SC.

Para este jogo, os portões estarão abertos a partir das 17h. O torcedor poderá ajudar na campanha para doação de alimentos não perecíveis, trazendo a sua contribuição e entregando nas entradas do Estádio.”

Fonte: Site Oficial do Avaí F.C.

CURTA / COMPARTILHE / COMENTE

3 x 3: Tempos distintos

Foto: Marcos Delfino

Saudações azurras.
Com quatro mil torcedores nas arquibancadas, o Avaí apenas empatou com o Guarani num elétrico 3 x 3.
Foi um belo jogo para assistir, de várias facetas, os dois times não deixaram para trás o que está acontecendo na Rússia, jogo muito articulado, mas a partida teve dois tempos distintos: o Avaí dominou as ações do primeiro tempo com triangulações, mudanças nas viradas de jogo, o centroavante Guilhermo Beltran estava ganhando toda a segunda bola obtendo a posse para o Leão, por isso o time mandante se sobressaiu nas jogadas e abriu 2 x 0 com gols de Renato e Judson, este fez um gol de rara felicidade, parecia que estava na Copa do Mundo.
Mas o futebol sempre prega coisas difíceis de entender, um jogo que estava ganho pelo Avaí e acaba escorrendo pelas mãos. O Leão entrou mole no segundo tempo, com baixa concentração, este aspecto não pode ocorrer em nenhum momento e tomamos uma virada inexplicável em 20 minutos com falhas grotescas da defesa (lance de escanteio e de lateral) impossíveis de aceitar.
Creio que o técnico Geninho demorou para mexer, pois o time estava totalmente perdido. A colocação de Marquinhos em campo deu uma nova oxigenação ao time e foi preponderante para o empate. Em um cruzamento dele, o centroavante Guilhermo empatou o jogo.
E faltou muito pouco para dar uma nova virada.

CURTA / COMPARTILHE / COMENTE

Todos os direitos reservados © 2018. | Blog do Guto - Desenvolvido por R Comunicação.