0 x 2: Inferno astral

Fotos: Rute Delfino

Saudações azurras. 
Com o público de sete mil torcedores, o Avaí derrapou na curva e foi derrotado na Ressacada pelo Botafogo por 0 x 2.
Sinceramente, a equipe de Alberto Valentim só atuou bem durante os quinze minutos iniciais em que teve maior volume de jogo, encaixou a marcação, mas o time insistia muito em cruzamento na área sendo que os três jogadores do ataque não eram altos, nem um pouco. Até pensei “coitado do João Paulo Lourenço” sendo colocado de CENTROAVANTE, como pode? Comentei com o meu pai no Estádio o seguinte: como vão cruzar na área sendo que havia três nanicos (João Paulo Lourenço, Bruno Sávio e Gustavo Ferrareis)?
Em meio a isso, o Botafogo, acomodado pelas bolas aéreas inúteis do Avaí, aproveitou um cochilo dos volantes mandantes para abrir o placar e parece que tudo acabou. Abaixou a crista de tal forma que não tivemos nenhuma reação praticamente nos setenta minutos finais.
A partir daí, percebi uma falta de vontade de alguns jogadores, até os recém-contratados. Gustavo Ferrareis é titular não sei porque, acredito que Caio Paulista tem mais potencial para contribuir do que ele. Outro aspecto que me deixou profundamente irritado foi a colocação do meia André Moritz, que não jogava desde o jogo contra o São Paulo, mudança desnecessária que ainda resultou em uma expulsão, deixando o time com dez.
Outra observação óbvia é que não dá mais para jogar Marcos Silva e Betão juntos, muita lentidão na hora da retomada defensiva. Tem que ser um zagueiro experiente e outro com velocidade para segurar o ímpeto do adversário. Marcos Silva até falhou no segundo gol do Botafogo numa falta, demonstrando que não está bem.
Era a hora da reação, mas sinceramente foi uma partida de inferno astral sob todos os aspectos, irritando profundamente a torcida. 

TAGS:
CURTA / COMPARTILHE / COMENTE

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Got Something To Say:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Todos os direitos reservados © 2019. | Blog do Guto - Desenvolvido por R Comunicação.